Quinta-feira, 24 de Maio de 2007

Técnico de Cardiopneumologia

O técnico de cardiopneumologia actua na programação, execução e avaliação de meios de diagnóstico e de acções terapêuticas, no contexto do estudo morfo-funcional e fisiopatológico dos sistemas cardiovascular e respiratório, contribuindo significativamente para promoção da saúde e prevenção das doenças do foro cardiovascular e pulmonar.

 

Realça-se da sua acção, a realização de meios de diagnóstico, como:

·       Electrocardiogramas;

·       Provas ergométricas;

·       Ecocardiogramas;

·       Provas funcionais respiratórias;

·       Estudos do sono;

·       Estudos ambulatórios da função cardiovascular;

·       Estudos de ecodoppler vasculares periféricos e cerebrovasculares;

·       Actos invasivos de diagnóstico e terapêutica cardiovasculares;

·       Reanimação cardiorespiratória;

·       Meios de suporte de vida em cirurgia cardio-torácica através de tecnologia extracorporal;

Emprego

O exercício da cardiopneumologia é feito em unidades de saúde pública e privadas, tais como:

·         Centros ou institutos de diagnóstico e terapêutica, hospitais;

·         Clínicas e centros de saúde.

Estes profissionais actuam em serviços de diagnóstico de cardiologia, pneumologia, neurologia e em blocos operatórios de cirurgia cardíaca e vascular.

O cardiopneumologista pode também trabalhar na área da investigação e do ensino. Outras das entidades empregadoras destes profissionais são as empresas de comercialização de equipamentos hospitalares (marketing e vendas).

 

Formação e Evolução na Carreira

Ingresso: 12º Ano

Grau: Licenciatura em Cardiopmeumologia

As áreas Cardíaca, Respiratória e Pneumológica são o âmbito privilegiado do Curso bietápico de Licenciatura em Cardiopneumologia. O curso de Cardiopneumologia atribui o grau de bacharel a todos aqueles que concluam todas as unidades curriculares que integram o plano de estudos do 1º ciclo do curso; e atribui o grau de licenciado a todos os que concluam todas as unidades curriculares que integram o plano de estudos do 2º ciclo do curso.

Perspectivas

Cada vez mais hoje em dia, existem doenças relacionadas com o foro cárdio-respiratório. A cardiopneumologia é a área da saúde que permite aos doentes alargarem a sua esperança de vida. Visto isto, são necessário profissionais competentes e especializados para conseguirem diagnosticar as patologias existentes.

publicado por marisacplima às 11:31

link do post | comentar | favorito
|
38 comentários:
De Duarte a 31 de Maio de 2007 às 20:39
Vê-se mesmo que nao conhece o mercado de trabalho...não é um curso com saída no momento....
De Joana a 12 de Setembro de 2007 às 20:06
o comentario anterior nao faz qualquer sentido visto que o blog é feito por alunos do secundario , é normal nao conhecerem ainda o mercado de trabalho. se sabe mais sobre esta area ajude e deixe aki informaçao mais actualizada.

relativamente ao blog acho que esta bem conseguido e que informa bastante bem a funçao de cada curso.
De pedro a 6 de Janeiro de 2009 às 12:19
Neste momento todos os formados que saírem iram parar ao desemprego a não ser que tenham uma grande cunha...mesmo grande...
Em 2010 mais de metade destes profissionais, mesmo os bons formados nas escolas publicas, estaram condenados ao desemprego...
De Anónimo a 23 de Outubro de 2009 às 01:15
Quem é que te disse a ti que só nas faculdades publicas é que saiem bons formados?fica sabendo que existem publicas a lecionar este curso e que saiem de lá sem sabarem nada, e ha privadas em que saiem de lá a serem grandes profissonais!
De SCoelho a 9 de Julho de 2014 às 12:16
Se souberem falar ingles ha muito trabalho no reino unido.
E escreve-se irao..
De pedro a 6 de Janeiro de 2009 às 12:27
e um curso sem saída nenhuma, para além de não ter reconhecimento nem ser considerado como icenciatura, a remoneração é como Bac. As vagas vão ser cada vez menos no sector publico e o privado é para quem tem muit experiencia e nome no publico.lol.
Enquanto são jovens esqueçam as tecnoloias da saude é tempo perdido, acreditem tirem algo que mesmo q de desemprego, qd disserem sou tal: sejam reconecidos.

Acreditem cardio é muito mau mesmo, mas se quiserem um curso facil que se faz na boa com uma data de privadas a VENDER o curso e publicas a formar excesso de prof , vão para cardio estam no caminho certo..Desemprego, submissão, fustração..........força...
De Anónimo a 23 de Outubro de 2009 às 01:20
tu por acaso conheces o curso? a mim parece-me que não! Cardiopneumologia é considerado LICENCIATURA, antes de Bolonha era uma Licenciatura Bietapica, neste momento já só tem Licenciatura. Acorda para a vida, pesquisa antes de vires para aqui dizeres coisas sem fundamento nenhum.... enfim....
De Shirley a 14 de Novembro de 2009 às 20:41
Este gajo está todo fodido xD

Meu amigo, para quem nem sabe escrever português cantas muito de galo e realmente gostava de te ver a tirares um curso destes.

Primeiro ano de Cardio e nao estou nada descontente com o que vi até agora.

Desculpem as asneiras mas nao me consegui conter perante tamanha ignorância. E realmente... quem nao sabe é como quem nao vê...
De William Kawele a 18 de Janeiro de 2013 às 18:12
É pura mentira!!! A Cardiopneumologia é um dos melhores cursos a seguir... Quém acha que não aguenta melhor é desister em quanto há tempo, e força a todos aqueles que estão nesse curso há emprego para todos. A menos quém está no mesmo por ilusão.
De ana a 15 de Abril de 2010 às 21:04
é triste o que negativo li neste blog.Primeiro sou cardiopneumogista terminei o curso recentemente e SEM CUNHASa já tenho emprego , portanto lutem , esforçem se e nao fiquem sentados a espera que vos venham chamar.

Segundo , a constante rivalidade entre escolas publicas e privadas é um disparate e a qualidade do TCPL nao depende da escola onde tira mas sim PELO GOSTO,DEDICAÇAO E EMPENHO que cada pessoa faz o curso.
Ja vi mts bons alunos q tiram o curso em escolas privadas e maus que tiraram nas publicas, portanto nao quer dizer nada.

Terceiro , é um facto que em termos de emprego nao estamos bem , mas neste momento alem de medicina , nenhum emprego esta bom.

Por fim , é um curso lindissimo , e que se quisermos vingar nela temos que de ser mt bons profissionais e principalmente faze la com gosto .
De Barbara a 5 de Janeiro de 2008 às 20:43
Poisé minha gente, o mercado de trabalho esta saturado!!!!
Cardiopneumologia em portugal nao funciona, tao simples quanto isso...

o mercado é demasiado pequeno e sem futuro..e se não tenhas cunhas..então esquece
eu ainda ando à procura de uma cunha...pode ser k seja esse ano..
.meus meninos, esqueçam esse curso.
De reiniciarsistema a 3 de Fevereiro de 2008 às 01:15
olá,
concordo que realmente o mercado está saturado nas tecnologias da saude. dados estatisticos assustadores dizem que até 2010 (daqui a 2 anos) termos 50% dos nossos colegas tecnicos no desemprego.
e digamos a verdade, se este blog é de alunos do secundário... então digo-vos, pensem 2 vezes.
as tecnologias da saude, apesar de serem um curso superior, são um curso com formação desvalorizada no mercado. o ordenado de um tecnico de 2ª classe é de cerca de 800 euros e com as politicas actuais de saude não existe sequer progressão na carreira. temos que ter em consideração que uma auxiliar de acção médica sem qualquer curso pode ganhar 600-700€.

pensem, reflictam, nem tudo é mau, o ordenado é desgraçado, as condições de trabaho são revoltantes, mas a ajuda diária de pessoas que realmente necessitam é gratificante.

De Sónia a 25 de Junho de 2008 às 15:11
ola, sou licenciada em Cardiopneumologia e posso vos dizer que o curso é dificil mas muito interessante.
Agr lanço vos uma pergunta, qual o curso que tem saída além de Medicina??
pk a pensar assim ng tira um curso superior.

Fiquem bem...
De pedro a 6 de Janeiro de 2009 às 12:21
pois mas isto n é bem um curso, mas sim um recurso idealizado por muitos como fonte de rendimento, pois não tem reconhecimento nenhum, nem mesmo qd trabalhas... enfim pessoal esqueçam este curso é deitar 4 anos e dinheiro fora acreditem...
De CPL. COIMBRA a 6 de Fevereiro de 2009 às 19:33
ola meus amigos...
nao posso estar totalmente de acordo com o meu caro colega pedro.. tudo bem que o curso nao está com as melhores saídas, mas é um curso bastante reconhecido, e muito interessante... so isso é meio caminho andado pra conseguirmos algo na vida... claro que uma cunha é fundamental, mas temos que lutar pelo emprego, nem que tenhamos que começar de baixo msm.. força pessoal, aconselho vos o curso
De Anónimo a 18 de Fevereiro de 2009 às 12:29
Meus caros, o curso de CPL se forem aplicados tem as saidas que vocês quiserem, náo se esqueçam que este curso combina tres especialidades médicas( cardiologia, pneumologia e neurologia) e ha também a vertente cirurgica e com este curso podemos trabalhar como profissionais liberais para não falar na vasta oferta de pos-graduações e mestrados que se pode tirar....portanto aqui deixo um conselho, se gostam do curso vão em frente e lutem sem pensar nas cunhas, havendo esforço ha sempre recompensa....
De Catarina a 10 de Junho de 2009 às 01:03
Fiquei chocada com alguns comentários que li aqui...
Deram uma visão errada do curso em questão, sou aluna do 2ºano de cardio e acho super interessante, e não é assim tão básico...
Quanto ao desemprego,meus caros...o que é que nao esta mal?? helloooo....

é cm com tudo, quem é bom é bom!
esforcem se e serao compensados!!!
De Apenas Alguém a 6 de Janeiro de 2010 às 12:08
Sou licenciada em Cardiopneumologia e concordo quando se fala de mercado saturado e pouco reconhecimento.
Durante os estágios que fiz, em hospitais centrais, verifiquei que havia algum reconhecimento, no seio de alguns serviços, em relação a estes profissionais. Mas no geral não é uma profissão muito reconhecida. Vivo no interior do país e as clínicas/hospitais por aqui conferem poucas responsabilidades e autonomia aos técnicos.
Desde que acabei o curso, no ano passado, ainda não vislumbro perspectivas de emprego na minha área.
Finalmente, a título pessoal, não gostei muito do curso, mas isso aí já são gostos e gostos não se discutem. Quanto ao grau de dificuldade: acessível!
De Mila a 19 de Janeiro de 2010 às 16:18
Começo por dizer que sou Cardiopneumologista e com muito Orgulho!! O curso é fantástico...
O mercado está saturado, é uma verdade, mas temos de lutar (mesmo sem cunhas) e mostrar que somos capazes, não podemos é baixar os braços e desistir. Nem tudo na vida tem de ser fácil...

A ignorância do Pedro enjoa-me =/

JinhU
De Mais uma a 19 de Janeiro de 2010 às 23:04
Meu Deus... A ignorância do Pedro e a falta de conhecimento quanto à língua portuguesa faz-me pensar que não deve ser mesmo deste Mundo!!! Sou Técª de CPL. Do ensino privado e com muito gosto. A mim, ao contrário do que ouvi dizer do público, NUNCA me faltou um electrocardiógrafo, um espirómetro, ou até mesmo um ecocardiógrafo para eu puder praticar. Talves daí circule em vários hospitais do Norte que os Técnicos da privada, falo da ESSVA, em termos práticos são melhores que os do ensino público. Quanto a toda a teoria que nos é dada durante o curso, admito que temos lacunas, o que não é preocupante. Quem gosta verdadeiramente do curso tem no último ano oportunidade para nos estágios aprofundar os conhecimentos que realmente importam. Eu passei por hospitais como o São João, Pedro Hispano, Santos António o Hospital de Gaia, e as minhas notas andaram sempre entre 14 e 18! Não se enganem, não interessa se é público ou privado, interessa o encarar do curso. Adorei o curso. Tudo que aprendemos é apaixonante. Quanto a trabalho, âinda não tinha acabado o curso já tinha começado à procura de emprego. Fui chamada antes de acabar o curso a uma entrevista. Passado uma semana tive a noticia que a vaga já tinha sido preenchida por uma menina com cunha, mas adivinhem, ela não gostou do trabalho e saiu. Passado um mês de acabar o curso fui chamada ao local da minha primeira entrevista e comecei a trabalhar. Sorte? Sim. Mas também sei que se não fosse toda a minha paixão pelo curso, vontade de trabalhar e o ano e meio de estágio curricular que apanhei por causa da adaptação ao bolonha não teria ficado no lugar. Tal como alguém disse, além de Medicina que cursos garantem emprego? E se querem que vos diga, já nem em Medicina se pode contar com emprego certo...
De Anonimo a 25 de Fevereiro de 2010 às 17:30
Boas tardes, segundo o que li num comentário feito por uma téc. de CPL, afirmando que os técnicos do ensino privado são melhor formados do k no publico, só tenho a dizer que é o perfeito disparate, acredito que em material não vos falte nd, tb pra kem paga tanto em propinas mal seria!! Segundo sei os melhores professores são do ensino público, até pk alguns leccionam nas duas insitituições. relativamente a emprego, posso dizer k do meu ano de finalista (2008) apenas 5 dos 25 não estão colocados. só queria deixar isto bem assente. Muita coisa há a fazer pelo curso e pela classe, mas não será necessária a ajuda de gente k s intitula escrava, frustrada, etc. Esses deveria era seguir outro rumo para não deixar a classe ainda pior (visto ser grd parte dessa gente k baixa a cabeça e aceita receber migalhas pelo seu trabalho). Obrigado e continuaçao

P.S.: Sejam competentes, lutem pelos vossos direitos, o cenária está assim pelo excesso de licenciados mal formados.
De carla a 11 de Março de 2010 às 22:35
ola...

estou a terminar o 12.º ano e cardiopneumologia por acaso esta dentro de uma das minhas escolhas profissionais.. mas n estou a perceber como e que existem pessoas que falam de uma forma arrebatadora deste curso(pedro) sabendo a situaçao em que se encontra o pais!

mais.. não concordo que se deva falar desta maneira pois pessoas como eu, na fase em que me encontro, ao lerem isto ficam desiludidos!

vou concorrer e se entrar, ja e meio caminho andado!

na vida nada se consegue se nao houver esforço e dedicaçao!

fiquem bem!
De Anónimo a 6 de Setembro de 2010 às 19:49
concordo plenamente, eu tambem vou agora para a faculdade e o curso que escolhi foi precisamente cardiopneumologia! espero entrar na publica mas tambem ja me inscrevi na privada por segurança, e cada vez tenho mais certeza que é este o curso que quero :D

Comentar post

.posts recentes

. ...

. Escola Secundária Francis...

. ...

. Como surgiu este blog?

. Testes de Orientação Voca...

. Processo ERASMUS

. Processo de Bolonha

. Concurso Nacional de Aces...

. Acesso às Universidades E...

. Entrevistas

. Entrevista a um Profissio...

. Entrevista a um Profissio...

. Entrevista com um Profiss...

. Entrevista com um Profiss...

. Cursos/Universidades

. Ortoprotesia

. Psicologia

. Medicina

. Geologia

. Fisioterapia

. Fitoquímica e Fitofarmaco...

. Técnico De Radiologia

. Terapia Ocupacional

. Técnico de Prótese Dentár...

. Técnico de Análises Clíni...

. Anatomia Patológica, Cito...

. Arqueologia

. Astronomia

. Biólogo

. Técnico de Cardiopneumolo...

. Engenharia do Ambiente

. Enfermagem

. Engenharia Geografica

. Engenheiro Aeronáutico

. Engenheiro Agrónomo

. Engenheiro Biomédico

. Engenharia Civil

. Farmacêutico

. Medicina Dentária

. Medicina Nuclear

. Medicina Veterinária

. Meteorologia

. Neurofisiologia

. Nutricionismo

. Oceanografia

. Optometria e Ciencias da ...

. Química e Bioquímica

. Técnico de Radioterapia

. Técnico de Farmácia

. Terapêutica da fala

.pesquisar

 

.Maio 2007

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
15
16
17
18
19
20
22
25
26
27
28
29
31

.informação de autores

.arquivos

. Maio 2007

.tags

. todas as tags

blogs SAPO

.subscrever feeds