Quinta-feira, 24 de Maio de 2007

Técnico De Radiologia

Os técnicos de radiologia são profissionais de saúde que efectuam exames na área da radiologia, ou seja, actuam ao nível da produção de imagens do interior do corpo que permitem diagnosticar situações patológicas como pneumonias, tumores ou fracturas ósseas. As suas principais funções consistem, assim, na programação, execução e avaliação de todas as técnicas radiológicas utilizadas no diagnóstico, na prevenção e promoção da saúde, recorrendo para esse efeito a equipamentos tecnologicamente avançados.

Emprego

A maioria dos técnicos de radiologia exerce a sua actividade nos serviços de saúde públicos e privados, designadamente em centros de saúde, hospitais (públicos e de gestão privada), clínicas.

De uma forma geral, a situação actual dos técnicos de radiologia no mercado de trabalho pode considerar-se positiva. Contudo, face ao aumento de vagas ocorridas nos últimos anos, é previsível que dentro em breve haja dificuldades de emprego.

 

Formação e Evolução na Carreira

Ingresso: 12º Ano

Grau: Licenciatura

O curso de Radiologia é um curso bietapico. Desenvolve-se num primeiro ciclo de 3 anos, que confere o grau de bacharel, e um segundo ciclo de 1 ano que completa a formação atribuindo o grau de licenciado.

Regra geral, o curso de Radiologia compreende aulas teóricas e práticas e períodos de estágio. No seu início, integra normalmente nos seus planos curriculares disciplinas gerais na área da saúde, mas à medida que prossegue aumenta o número de disciplinas mais especificamente relacionadas com a radiologia. Além disso, é habitual incluir disciplinas da área das ciências sociais e humanas (sociologia, psicologia).

 

Condições de Trabalho

As instalações em que se desenvolve esta sua actividade constituem-se normalmente por espaços equipados com os aparelhos necessários para a realização dos exames radiológicos (aparelhos de raio-x, de tomografia, etc).

Tal como a maioria dos profissionais de saúde, estes técnicos estão expostos a algumas situações de risco, como o perigo de contágio de doenças infecto-contagiosas. O facto de trabalharem com radiações implica, ainda, cuidados mais específicos, nomeadamente o cumprimento rigoroso das regras de segurança e protecção neste domínio.

 

Perspectivas 

Espera-se que esta área continue a registar uma evolução tecnológica bastante expressiva, visível no constante aperfeiçoamento dos equipamentos e na diversidade e melhoria da qualidade das imagens de diagnóstico obtidas. Espera-se, igualmente, que venham a registar-se maiores avanços no domínio da protecção radiológica quer dos utentes quer dos profissionais que trabalham com radiações.

publicado por marisacplima às 16:15

link do post | comentar | favorito
|
65 comentários:
De Bruno a 29 de Julho de 2007 às 03:09
Neste momento a situação esta catastrofica o emprego como técnico de radiologia é uma miragem por isso não se iludam!
De eduardocastro a 2 de Agosto de 2009 às 02:11
Um dos graves problemas actuais na obtenção de empregos no campo da radiologia, é além da enorme quantidade de novos licenciados que são colocados anualmente no mercado de trabalho, também os colegas mais velhos que acumulam dois e três empregos em clinicas, hospitais e centros de saúde.
Mas o que é de revoltar é como muitos desses colegas conseguem trabalhar em dois estabelecimentos públicos ao mesmo tempo. Que compadrio, falta de controle ... e vergonha !!
De Rui a 27 de Abril de 2010 às 20:46
Falas mal de quem quer e sabe trabalhar?Queres que te deem um emprego?Esforçate malandro!!De certeza que pagaste o curso na privada e agora queres que te deem ou comprar tambem um emprego!O mal disto são as escolas privadas para "filhos do papá", que basta pagar e ja se tem um curso, quantod mais cá fora melhor para eles.
De anonimo a 26 de Junho de 2010 às 19:12
caxo cabron de mierda,
tienes pelos en el culo que no son tuyosl avateeeeeeeeeee

yo sali de una escuela privada y se mas k tu gilipoyas
De ze a 22 de Agosto de 2010 às 17:22
Desculpa ter estudado numa privada e ser filho da mama, mas a vida é assim, tens que mostrar que és melhor! nao criticar os outros! que tudo te corra bem
De Ni a 6 de Setembro de 2010 às 09:55
lolol. Pois claro!!!Não sei se tens filhos ou não. Mas aconselho-te. Fala menos e pensa mais. Nunca se sabe ao que se chega, amigo.
Eu estudei numa privada e não me lembro de ter comprado exame ou disciplina alguma. Aliás, vi colegas meus, formados no ensino público, inclusivamente esatgiários meus, a espetarem-se em questões muito básicas.

Amiguinho vai dormir, ta bem?
De Anónimo a 26 de Maio de 2013 às 20:57
Infelizmente, é isso o que acontece, muitos de nossos companheiros antigos acumulam em 2 ou três empregos e ainda participam de concursos, não que sejam proibidos, porém, deixe um espaço para quem precisa, há várias gamas de licenciados neste país, pagando suas mensalidades com muito custo, e não arranja emprego na área, deixe de pagar e o sr . CONTER tira a sua licença, mas não vê a situação de cada recém-formado.
Estudei com muito esforço em uma escola privada SENAC , no valor de uma universidade, graças a DEUS, e não comprei diploma, e luto até hoje por uma colocação no mercado, assim que como eu percebo, são vários.... E a classe é desunida sim... só em ver alguns desses comentários já resumi tudo isso, tenho família preciso dar e me sustentar, e a classe está uma verdadeira ´´ PANELINHA ´´ sofri para conseguir e ainda estou sofrendo neste campo de trabalho, dificuldades todos nós passamos, mas há de ressaltar que, se colaborarmos uns com outros, poderemos cada alcançarmos uma colocação no mercado, infelizmente Q I , estão aí , usufruindo da colheita que carregamos (recém-formados) com sangue e suor para colhermos no futuro, e agora estamos vendo a plantação se acabar com os frutos ainda brotando.
De Anónimo a 6 de Dezembro de 2009 às 18:13
Ñ É UMA MIRAGEM Ñ POR ENQUANTO TECNICO EM RADIOLOGIOA ESTA PRECIZANDO DE MUITOS PRFISSIONAIS NESTA ÁRES.
De Joaquina de Almeida a 6 de Agosto de 2010 às 20:47
n acredito q isso seja verdade pá !!! tu e q n queres trabalhar!!!
De Sintonizador TDT a 16 de Novembro de 2010 às 23:07
LOL
De Karina.morgado a 29 de Outubro de 2010 às 18:24
como aluna do primeiro ano de radiologia os vossos comentários assustam-me um pouco porque tenho esperanças de encontrar um mercado de trabalho que me de novas oportunidades na carreira.
no entanto, o que me leva a comentar é o facto de ver que, apesar de todos as dificuldades que enfrentamos como técnicos de radiologia, há demasiados conflitos entre os profissionais desta área.
deveríamos preocupar-nos mais em servir melhor o utente e não em desenvolver conflitos entre nós ácerca do ensino a que recorremos para a nossa formação.
tiramos o curso para servir o utente seja qual for a nossa situação profissional.
a nossa formação dá-nos aptidões suficientes para sabermos que a sociedade tem opiniões sobre o nosso sistema de saúde que não coincidem com a realidade.
e creio que é isso que temos que mostrar aos utentes e não que há técnicos melhores ou piores que nós porque eles precisam de se sentir "bem entregues".
cumprimentos radiológicos, futuros colegas
De Anónimo a 29 de Julho de 2007 às 03:14
"De uma forma geral, a situação actual dos técnicos de radiologia no mercado de trabalho pode considerar-se positiva" Isto necessita de ser rapidamente actualizado!sou um recém formado e procuro emprego em radiologia à mais de 9 meses!e não sou unico como eu estão mais centenas senão milhares! estou obrigado a trabalhar em outra área se quero ganhar o meu salário!
De Anónimo a 1 de Outubro de 2007 às 01:00
... "De uma forma geral, a situação actual dos técnicos de radiologia no mercado de trabalho pode considerar-se positiva. Contudo, face ao aumento de vagas ocorridas nos últimos anos, é previsível que dentro em breve haja dificuldades de emprego... ""

Não é em breve e mesmo neste preciso momento!!!! A nível de emprego Radiologia esta um miséria !! Tanto radiologia como os outros Tecnicos de Diagnostico e Terapêutica !!!! E ao ritmo que as escolas PRIVADAS lançam indivíduos para o mercado, ainda vamos ficar muito pior!!



De S. a 8 de Junho de 2009 às 15:06
Discordo totalmente da tua opinião no que diz respeito a técnicos formados numa faculdade privada. Estes têm os mesmos, senão melhores conhecimentos teóricos e práticos na área, que técnicos formados em estabelecimentos públicos. Não estou com isto a dizer que são melhor ou piores, só não deves culpabilizá-los...Aqui a única solução era fechar o curso durante alguns anos...
De Ana a 6 de Julho de 2009 às 20:18
Desculpe mas agora ao ler este comentário não posso estar mais contra. São os alunos das faculdades privadas (alunos que não tiveram média para entrar na faculdade pública!) que cada vez mais concorrem ás mesmas vagas que os outros. Outros que se esforçaram desde o início para obter este lugar
De Anónimo a 20 de Setembro de 2009 às 13:12
Desculpe discordar totalmente de si. Tenho experiência tanto de instituição publica e privada, e digo-lhe com toda a franqueza que o ensino privado em Portugal é exigente, tendo contudo a particularidade de melhor entendimento Professor/aluno uma vez que as escolas são mais pequenas, daí se criar uma maior proximidade.
Quanto às médias para entrar em universidade pública: existem muitos alunos que estão numa escola privada e têm sim, médias para entrar nas públicas, só que muitas vezes a proximidade de casa é fundamental e a nivel de custos torna-se igual.
Relativamente ao ensino, deixe-me dizer-lhe que os alunos que querem realmente ser bons profissionais, podem se-los mesmo que frequentem escolas privadas, pois estas têm professores competentes e muito exigentes.
Falo do que sei e experimentei e não do que ouço dizer.
Cumprimentos
P.S: Às vezes é preciso saber estar e respeitar quem ao longo de um curso superior se esforça por ser um profissional competente; e os profissionais competentes não saiem sem duvida alguma apenas das instituições publicas.
De Ni a 6 de Setembro de 2010 às 10:44
Oh menina Ana, estaja calada, esta bem?
Santa ignorância.Jesus!!!
De Anónimo a 13 de Setembro de 2008 às 01:43
No momente não esta havendo um grande numero de contratações para técnicos em radiologia devido ao nível de experiência do mesmo, se você é recém formado, não adianta se iludir que irá trabalhar pouco e ganhar muito, é um serviço como qualquer outro,tendo suas vantagens e desvantagens. Se quiser se destacar nessa área conheça as novas técnologias, faça cursos de especialização em tomografia e ressonância magnética, são caros, porém abrem um leque de opções. Bom é isso aí, quem tem vontade vai atráz, mas lembre-se que para trabalhar na área ganhando muito bem é preciso tempo e paciência e um outro emprego para bancar seu aprendizado, Meu nome é Luis Eduardo, sou técnico em radiologia a apenas 1 ano mas estou antenado em tudo que aparece sobre a área e isso faz bem para mim e para os pacientes que recebem atendimento de alguém que gosta do que faz.
De Anónimo a 26 de Maio de 2013 às 21:06
Disso nós sabemos, porém, não há como fazer especializações sem primeiro ter o emprego na área, falar é fácil, venha se pôr em nosso lugar.... e outra coisa ninguém nasce sabendo, tudo tem a sua primeira vez, admiramos todos aqueles que ultrapassaram barreiras para chegar onde chegaram agora, isto é muito louvável, e faz com que nós possamos nos espelhar e ter mais, e mais garra. Isso independe de ser profissional de vindo de setores privados ou público, estamos lidando com pessoas, que pode ser nós mesmos, hoje, amanhã... não sei, não sabemos... sem discriminação, sem egoísmo, sem discórdia. Precisamos de resultados positivos, que enfim seja para todos...
De Tec. Radiologia desempregado a 18 de Setembro de 2008 às 14:06
Lamento informar, mas a situação do mercado de trabalho actual não pode ser de todo considerada positiva. O expressão correcta seria mesmo "muito negativa", visto que há técnicos que com ou sem experiência, ficam anos à espera de encontrar trabalho (a crise não afecta apenas os recém-licenciados).
De anonimo a 2 de Outubro de 2008 às 15:45
Eu sou licenciada em Radiologia com mais de 4 anos de experiência profissional e também não tenho trabalho e até tenho experiência, e não tenho trabalho nem a ganhar bem nem a ganhar mal... e agora penso o k vou fazer a minha vida...por isso eu pergunto onde é que está o trabalho para os técnicos de radiologia.......
De paulo roberto a 31 de Outubro de 2008 às 01:00
se vc tem 4 anos de experiencia na area, vc tem muito asa por nao conseguir emprego, ou nao e um bom profisional, eu terminei o curso a um mes e ja esto trabalhando, com salario de 1.800. por mes. bom vc rever o seu pensamento
De Anónimo a 2 de Novembro de 2008 às 19:43
aqui nao é caso da tecnica ser ma ou boa profissional é mesmo o mercado de trabalho.
quanto a 1800 (deduzo que seja euros) mes após terminar o curso, ou se está bem calçado (cunhas) ou entao deve ser noutro país que nao Portugal.
Desculpe dizer, mas insinuar mau profissionalismo a quem procura trabalho é de pouca ética e muito menos companheirismo.
1800??? com um mes!!! so falta dizer que só faz 4 horitas por dia...
De S. a 8 de Junho de 2009 às 15:08
Concordo. Em Portugal, um profissional em início de carreira ganha cerca de 990€...Isso é uma boa remuneração...Há coisa por trás...
De ricardo tosta a 12 de Abril de 2009 às 04:19
VC ME DESCULPE, MAS NO MERCADO ATUAL
ISSO É IMPOSSÍVEL, A MENOS QUE VC SEJA PARENTE DE POLITICO
LAMENTO
De RICARDO a 12 de Abril de 2009 às 04:41
TRATA-SE DE MERCADO DE TRABALHO MUITO CONCORRIDO, SATURADO, DIFÍCIL DE ENTRAR
ONDE OS TECNOLÓGOS FAZEM ESTÁGIO COM OS TÉCNICOS E DEPOIS SAEM DIZENDO QUE TEM CURSO
SUPERIOR. SABEMOS QUE SUA FUNÇÃO NEM MESMO É REGULAMENTADA, UMA VEZ QUE NÃO EXISTE CONSELHO DOS TECNÓLOGOS EM RADIOLOGIA E SIM CONSELHO DOS TÉCNICOS EM RADIOLOGIA.
TALVEZ UM DIA OS SENADORES DEFINAM A QUE SE DESTINA ESSES PROFISSIONAIS SEM REGULAMENTAÇÃO.

GERALMENTE OS TECNICOS DE RADIOLOGIA CONSEGUEM ENTRAR NO MERCADO DE TRABALHO ATRAVÉS DE CONCURSO, É ÓBVIO QUE SE TRATRA DE UM PROCESSO DE MEDIO A LONGO PRAZO .

De Eu, que andei numa Universidade Publica a 20 de Novembro de 2008 às 12:13
A culpa é das Escolas privadas que infectaram este país! Não há regulação da formação e depois o mercado de trabalho não corresponde ao exagero de pessoas que se formaram.
Acabem com as privadas já!
De sarax a 13 de Janeiro de 2009 às 14:47
Acabem com as escolas privadas? caro colega, só te digo que das escolas privadas saem alunos muito mais bem preparados do que das publicas. E falo do que sei...
Agora justificar a falta de emprego por haver escolas a mais, tudo bem..agora por serem privadas ! Vá, aprendam sobre o que falam..POR FAVOR!
De Anónimo a 25 de Janeiro de 2009 às 14:23
« só te digo que das escolas privadas saem alunos muito mais bem preparados do que das publicas.»
Sem laboratórios de radiologia funcionais na vossa escola e saem bem preparados? E com estágios de 1 ou 2 semanas em cada valência? E com notas empoladas?
É assim que saem mais bem formados? Saem com notas mais altas injustificadas e que não merecem, e tb saem com mais cunhas. Só isso.
De Já Fostes :P a 27 de Janeiro de 2009 às 15:56
Como isto anda, por teres tirado o curso na publica és mais que os outros!? Fiz a minha formação na Privada, como podes afirmar que não existem laboratórios de radiologia funcionais!? Radiologia Convencional, Mamografia, Ultra-sonografia , Densitometria , Intervenção.... durante toda a minha formação, adquiri experiencia não só nos estágios (250 horas por ano), como também na própria instituição.
E depois vamos lá ver, na privada, são menos alunos por turma, logo um professor consegue dar "atenção a todos os alunos. Notas mais altas!? pelo que tenho reparado as notas andam +- dentro da media, injustificadas!? Duvido , também tiver de repetir algumas cadeiras, como qualquer outras pessoa na publica ou privada, por vezes acontece. Melhorias de notas fiz algumas.... Cunhas, diz-me onde é que elas estão porque não as conheço, nem nunca ninguém me falou delas, mas se quiseres dar alguma, eu aceito, pois também preciso, neste momento encontro-me a fazer um estagio profissional em TC , enquanto continuo a procura de trabalho, sim, que não procuro emprego, mas sim trabalho... Mesmo com o nosso mercado, que sei que está complicado, existem lugares ainda para os técnicos de RX , e preciso é ter sorte, não se pode ficar em casa de cu alapado na cadeira e andar a espalhar pela net fora que não existe trabalho, e que se está a não sei quantos meses a procura. a Oferta de trabalho está muito pior noutras áreas, como por exemplo a área da minha esposa, em que ao termos casado ela teve que abandonar o trabalho que tinha, em 15 dias de procura (gastou-se muito tempo e combustível ) conseguiu-se arranjar trabalho.... Agora fechar as privadas porque ensinam pior!? infelizmente tenho-me deparado com muitos técnicos que se formaram na publica e desculpem o termo, apeteceu-me por várias vezes insulta-los, porque quando chegam ao ponto de cometer erros de posicionamento, erros na atribuição de dose, erros técnicos (colimação, etc ), não saberem anatomia, etc .... não são técnicos, simplesmente limitam-se a "roubar" lugar a alguém que sabe minimamente o que é ser técnico de radiologia, e saiba cumprir as suas funções, com um nível de qualidade elevado)..... e para acabar, a nota final de um curso não é tudo, pois alguns desses pseudo técnicos acabaram o curso com notas superiores a 18, e vejo outros técnicos que acabaram com notas de 12/13, com muito mais capacidade e responsabilidade para trabalhar....
De Uniao a 16 de Fevereiro de 2009 às 03:22
Depois de ler ambos os comentarios, e digo ambos o "Privado" vs "Publico", so consigo chegar a uma conclusao....é por este motivo que estamos na situação em que nos encontramos....falta de uniao.
Em vez de nos juntarmos unirmos e sermos um so...nao...preferimos debatermos-nos quais sao os melhores e pk merecemos nos trabalhar...e estou a dizer isto, e a dita "guerra" nao existe so entre privadas vs publicas, mesmo dentro das publicas encontramos,(e desculpem esta minha afirmacao) estas paneleirisses. pk a ESTESPorto e melhor pk a ESTESCoimbra e que é....deixem.se disse e olhem para o exemplo dos enfermeiros e medicos....no primeiro caso, os enfermeiros nao tinham onde cair mortos e uniram-se e assim comecaram a crescer, formaram uma ordem ganhando assim prestigio e algum respeito.A classe medica e o que s ve. nao baixam os bracos em relacao as suas exigencias...e nos o que fazemos?andamos a luta pk n existe emprego e temos de arranjar um bode espiatorio para os nossos problemas. como disse uma altura o meu pai tb ele tecnico numas jornadas, "os nossos piores inimigos somos nos proprios"...pk nos tamos a lutar contra a nossa propria classe em vez de sermos unos. eu tb tirei o curso numa privada e desculpa que te diga que essa tua teoria de dizeres que so temos estagio uma ou duas semanas, deve ter sido algo que te contaram pk onde eu tirei o curso tive estagio de observacao desde o primeiro ano e o meu terceiro ano foi todo de estagio, por isso so te dou um conselho informa-te antes de falar.axo que vale a pena pensarmos um pouco nisto....e como diria o meu coordenador de curso...Saudaçoes Radiologicas....Fiquem bem...
De Anónimo a 4 de Março de 2009 às 10:01
É preciso admitir que há demasiadas escolas a oferecer formação. É por isso que estamos nesta situação dramática de desemprego.
Devemos unir-nos, sim, e antes de mais devemos lutar pela regularização profissional. Quantas recepcionistas fazem ortopantomografias? Quantas esposas e outros familiares de médicos radiologistas se tornaram técnicos sem formação alguma?
Para que serve a Cédula Profissional?
Em segundo lugar é necessário limitar o acesso à profissão. Há escolas a mais, vagas em excesso. É uma situação irreal. Vejamos, se hoje o mercado é incapaz de absorver os profissionais formados, o que acontecerá em Junho/Julho de 2009 quando cerca de 450 novos licenciados. Em 2010 mais 450. Onde é que isto pára?
E não se enganem, podemos agradecer isto aos nossos mais ilustres professores, na pública ou privada, foram as pessoas mais antigas que desataram a abrir escolas.
De jfrx a 22 de Fevereiro de 2010 às 00:17
Oh rapaz ou rapariga- é tão facil responder a um ignorante como tu, no caso de laboratorios, nao preciso mais do que tive qundo estudei, tinha um TC, RM, Mamografia, Dexa, Inten. de imagem, etc... será que tinhas isso? pra nao falar no estagio em hospitais privados!! sai da melhor turma na minha faculdade em radiologia numa privada, pelo qual um colega meu, pela formação na mesma, sabe mais do que qualquer um de voces, foi o melhor aluno a nivel nacional em radiologia =) Caladinho e em anonimo ficas muito bem !!
De S. a 8 de Junho de 2009 às 15:10
Lá está a conversa das escolas privadas...Há pessoas que não pensam um bocadinho antes de dizerem o que quer que seja...ALUNOS FORMADOS NUMA FACULDADE SÃO IGUAIS OU MELHORES QUE ALUNOS DAS FACULDADES PÚBLICAS...
De Anónimo a 6 de Julho de 2009 às 20:24
DEUS LHE PERDOE QUE NÃO SABE O K DIZ!!! os alunos da privada têm é quem lhes pague bem pa tirar o curso e dpois veêm para aqui cantar de galo. Mais bem preparados na privada?! vc está a brincar e pode querer que tbm sei do que falo
De maria pires a 17 de Fevereiro de 2009 às 18:10
olá a todos os colegas
estive a ler todos estes comentários ...e não posso deixar de concordar plenamente com o que aqui se diz "nós somos os nossos principais e maiores inimigos", pois pensem nisso!
antes de mais gostaria de vos dizer que estudei nas 2 instituições pública e privada, ou seja fiz o bacharel na privada e a licenciatura na pública e confesso que não notei nem senti essas diferenças todas que vocês enuncião para aqui...em ambas existem bons e maus alunos...relativamente à exigência senti muito mais na privada do que na pública ( algo k tb me surpreendeu confesso), nada nos é facilitado...por isso desenganem-se quem pensa que nas privadas é só facilitismos!!!...ideia muito errada...
vim parar a estes blogue por causa do desemprego/emprego..pois bem relativamente a este tópico estamos a passar os piores momentos que esta profissão alguma vez assistiu..ou seja não trabalho nem pouco nem muito..o que assisto é que se há uma ou outra vaga ela é ocupada antes de ser publicada e aí meus caros colegas não conta ser bom ou mau ou asim assim, a realidade é só uma desenganem-se os sonhadores..ocupa esse lugar o menino ou menina que maior "cunha " tiver....e só não vê quem não quer, aliás nem já fazem questão de esconder......não adianta, especializações, mestrados, doutoramentos, estágios e mais estágios...tentem sim é arranjar um padrinho!
Fiquem bem
De Aprende a escrever português a 4 de Março de 2009 às 10:05
"enuncião"?? Como é que é possível concluir um curso superior e não saber escrever português?!
Enunciam - 3ª pessoa do plural do Presente do Indicativo do verbo enunciar.
De mpires a 4 de Março de 2009 às 12:35
Sim é um erro!!!!depois de enviar o comentário percebi que tinha erros..nada de grave pois entendesse perfeitamente ...mas sim é possível fazer licenciaturas, mestrados, doutoramentos e pós docs e continuarmos a escrever com erros!!!é assim tão inédito!!!???? Inédito acho eu a tua capacidade de comentares estes comentários no seu verdadeiro conteúdo...e não a minha capacidade de escrita...que nada têm a ver com o que aqui se discute....parabéns para ti que não escreves com erros .
cumprimentos
De Anónimo a 28 de Abril de 2009 às 16:07
Novamente um erro muito grave. "Entendesse" pertence ao Pretérito Imperfeito do Conjuntivo, não devendo ser confundido com "entende-se".
Pode ter todas as pós-graduações e doutoramentos, e pós-doutoramentos do mundo. Se continuar a dar estes erros, lamento muito, mas há uma falha imensa na sua formação. O entendimento da língua mãe é base de tudo. Faltando a base, falta tudo.
E não estou a implicar consigo... Não é um ataque pessoal. É geral, há tantas pessoas que escrevem com erros gravíssimos e ocupam posições importantes... É lamentável e pode ser corrigido. Basta algum interesse e atenção.
De Anónimo a 9 de Março de 2009 às 18:48
Olá...vim parar a este blog sem querer e acabei por me interessar pelo tema da discussão. Estou no 4.º ano de Medicina e no meu curso não há este problema do conflito pública/privada. Mas acho que a questão fundamental não é o facto de numa faculdade privada ser mais ou menos exigente, mais ou menos proveitosa (até pela lógica deveria ser melhor, no sentido em que se paga uma mensalidade muito elevada, em alguns casos, e por isso o ensino deve ser de excelência), mas sim a quantidade de pessoas que saem todos o anos dessas faculdades. Claro que é muito bom tirar o curso que queremos e sempre gostámos, mas no fim é que surgem os problemas. Acho que a culpa não é bem de quem vai para uma faculdade privada (tendo possibilidade de a pagar) mas que deveria haver uma regulação do número de vagas nos diferentes cursos de acordo com as necessidades do mercado de trabalho... Pensem nisso...Uma faculdade privada é um negócio como outro qualquer, para eles é difícil recusar alunos porque vão ser muito lucrativos. Mas depois não há emprego para todos, como é lógico!
De Medicos vs Espanha a 11 de Março de 2009 às 17:27
Depois de ler este ultimo comentario, deste futuro medico, chego a duas conclusoes...ou o futuro sr. dr. é mt ignorante ou é mt hipocrita...e digo isto por uma razao mt simples....em primeiro lugar nao existem privadas em medicina, e isto por uma razao mt simples, a ordem dos medicos nao autoriza a abertura de instituiçoes privadas no nosso pais. em segundo segundo lugar e para ajudar ao complo da ordem dos medicos aumentam de tal forma as notas minimas de acesso que ou as pessoas comecam a pensar no que querem ser no setimo ano ou entao bem podem esquecer, e o resultado disso sao os senhores doutores que aparecem hoje em dia no SNS, mas isso ja é outro assunto....e em segunto lugar nao existem guerra entre privado e estado pela razao ja descrita, mas existe a dita guerra com os tugas que vao tirar o curso em espanha pk a nota requerida e mais baixa e a maioria dos pretendente a medicos refugiam.se nos nuestros irmanos...e ai tinham outra guerra...e digo tinham pk se existe algo de bom nas reformas de bolonha e mesmo em medicina...pk se existe falta de medicos tugas existem mtos na europa com vontade de trabalhar mais e mtas vezes melhor para o nosso humilde pais...e essa guerra a ordem pode-se debater e rever e tentar parar, mas o unico resultado que vai conseguir.....e bater com a cabeca na parede...e isso a mim ainda me da algum conforto...pk ao que aparenta, os lobbies dos medicos ta a caminho do fim....ta a acabar a teoria do sr. dr. todo poderoso.
e agora podem-se questionar o pk de tar com tanta "raiva" aos sr. dr.!!!!ate parece que sou um deles camuflado...mas nao sou TDT com mt gosto e orgulho...e a minha ira contra a teoria dos sres. drs. so ta na questao das burocracias e das regalias que essa comunidade tem se orgulha de ter e que nao abre mao delas...acabendo assim por sermos todos nos comunidade da saude a sofrer....sem mais e com as melhores saudaçoes radiologicas...
De Mais um triste enganado a 3 de Janeiro de 2010 às 06:57
Essa questão das públicas e das privadas já nem se coloca. O problema é sim o excesso de vagas e a falta de fiscalização e de acreditação profissional.
Falam, falam, mas não fazem nada «ah em tal país são precisas não sei quantas horas de formação p fazer esta ou aquela valência» -- ai sim? é que aqui em Portugal basta ter um bom padrinho que já se é excelente em TC, Mamografia, RM...
A classe de Técnicos de Radiologia é medíocre. Tirando uma mão cheia de indivíduos que ainda possuem algum carácter e amor ao próximo, o resto não passa de gente frustrada e profundamente mal formada. Tratam mal os doentes, ignoram-nos, deitam-lhes com radiação para cima até mais não (ai esse pé pesado no pedal da radioescopia... não faz mal não é? o doente é q teve a culpa q foi ali chatear).
Não vale a pena pedir-lhes mais, são incapazes pois não possuem a base, os valores; são maus cidadãos, más pessoas, um falhanço desta sociedade que continua a não se preocupar com a formação pessoal e social dos seus elementos. Não admira que sejam maus profissionais. E depois o que fazem é querer obrigar os outros a fazer igual. Desdenhar de quem quer fazer bem, abusar dos parvos que, a bem do doente, se deixam carregar de trabalho.
Enquanto não houver uma verdadeira Ordem nesta classe, enquanto não se aplicar dura fiscalização dos equipamentos e da conduta dos profissionais, nunca haverá lugar para os que ainda tentam exercer saúde neste país.
De Anónimo a 7 de Janeiro de 2010 às 22:51
Finalmente alguem que põe o dedo na ferida. Os tecnicos de radiologia não são respeitados porque tambem não se respeitam. Qual formação continua? os congressos para comer bolinhos? porque nao exigir verdadeiros temas de discussao, como a especializaçao, ou nao? a carreira?
estar a discutir se os da publica merecem ter trabalho e o outros nao? ridiculo. alias, quem da aulas no privado?
De Anónimo a 16 de Junho de 2009 às 14:08
Não recomendaria a ninguém entrar tanto na área como técnico em radiologia muito menos como técnologo, que tem gastos com curso superior e acaba atuando como técnico ou melhor geralmente não consegue entrar no mercado de trabalho.O mercado na área da radiologia esta saturadíssimo.Poucos concurso e empresas tercerizadas na qual acabam contratando pessoas de um grupo fechado.Técnicos de radiologia estão sendo explorados trabalhando de graça ''os chamados estagios'' Ou trabalhando mais de 8h por menos de dois salarios.O sindicato da classe é uma vergonha cobra anuidades caras e não ajudam em nada só querem o dinheiro.É UMA VERGONHA!!!!NÃO RECOMENDO!NÃO ADIANTA SER O MELHOR SE NÃO TIVER UM BOM QI

Comentar post

.posts recentes

. ...

. Escola Secundária Francis...

. ...

. Como surgiu este blog?

. Testes de Orientação Voca...

. Processo ERASMUS

. Processo de Bolonha

. Concurso Nacional de Aces...

. Acesso às Universidades E...

. Entrevistas

. Entrevista a um Profissio...

. Entrevista a um Profissio...

. Entrevista com um Profiss...

. Entrevista com um Profiss...

. Cursos/Universidades

. Ortoprotesia

. Psicologia

. Medicina

. Geologia

. Fisioterapia

. Fitoquímica e Fitofarmaco...

. Técnico De Radiologia

. Terapia Ocupacional

. Técnico de Prótese Dentár...

. Técnico de Análises Clíni...

. Anatomia Patológica, Cito...

. Arqueologia

. Astronomia

. Biólogo

. Técnico de Cardiopneumolo...

. Engenharia do Ambiente

. Enfermagem

. Engenharia Geografica

. Engenheiro Aeronáutico

. Engenheiro Agrónomo

. Engenheiro Biomédico

. Engenharia Civil

. Farmacêutico

. Medicina Dentária

. Medicina Nuclear

. Medicina Veterinária

. Meteorologia

. Neurofisiologia

. Nutricionismo

. Oceanografia

. Optometria e Ciencias da ...

. Química e Bioquímica

. Técnico de Radioterapia

. Técnico de Farmácia

. Terapêutica da fala

.pesquisar

 

.Maio 2007

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
15
16
17
18
19
20
22
25
26
27
28
29
31

.informação de autores

.arquivos

. Maio 2007

.tags

. todas as tags

blogs SAPO

.subscrever feeds